Fogões são aparelhos que servem para aumentar a temperatura do ambiente onde os colocamos. Isso nos ajuda a ficar aquecidos nos momentos mais frios. Existem vários tipos de fogões, dependendo do tipo de combustível que usamos para aumentar a temperatura.

Neste post vamos analisar todos os tipos de fogões que existem e as vantagens e desvantagens de cada um. Além disso, você poderá saber os preços e acessar todos aqueles que têm mais qualidade e um bom preço.

Os melhores fogões baratos para aquecer a sua casa no inverno

Aqui está uma seleção dos melhores fogões para evitar o frio no inverno. Com qualquer um desses modelos, você terá sucesso, pois eles são os preferidos pelos usuários e são os que oferecem a melhor relação custo-benefício:

Tipos de fogões

Fogões a pellets

Guia de compra de fogões a pellets

As fogões a pellets Eles vêm se difundindo ao longo dos anos devido ao seu bom desempenho e eficiência. Seu funcionamento é relativamente simples e barato. O fogão possui um tanque para armazenar o combustível, no caso, o pellet. Quando colocamos o aparelho em funcionamento, um parafuso move o pellet para a câmara de combustão para alimentar o fogo na taxa indicada pelo sistema de controle eletrônico.

Os pellets queimam, emitindo calor e fumos que são canalizados por uma saída posterior onde é conectada a chaminé externa.

Se pretende ter um recuperador de calor a pellets, aproveite as nossas ofertas.

Uma das vantagens que oferece é a possibilidade de programar horários em que acende o recuperador para aquecer a divisão e apaga novamente. Esses fogões são muito confundidos com fogões de biomassa, pois o pellet é um tipo de combustível de biomassa. É composto por serragem compactada em pequenos cilindros. Em geral, dois quilos de pellets fornecem o mesmo calor que um litro de diesel gera.

Eles são os fogões mais baratos disponíveis hoje. Seu combustível é a biomassa encontrada nas florestas. Eles são baseados nos fogões a lenha tradicionais de uma vida, mas aplicando a tecnologia mais avançada. Isso torna seu uso mais confortável e a combustão é otimizada.

Por serem combustíveis totalmente ecológicos e naturais, são menos prejudiciais ao meio ambiente. São perfeitos para aproveitar o calor mais natural e puro.

Fogões a lenha

Guia fogão a lenha

As fogões de lenha eles são os mais tradicionais. São aparelhos que usam madeira como combustível. A lenha é obtida de árvores. O seu uso mais quotidiano é na cozinha das zonas rurais, embora também sirva para aquecer e aumentar a temperatura de uma divisão.

Normalmente, todos os fogões a lenha possuem uma tubulação que termina em uma chaminé que expele os gases gerados na combustão e ajuda a reduzir o risco de respirar o ar poluído.

São os fogões mais simples de utilizar e proporcionam mais relaxamento devido ao ambiente extra doméstico que a chama oferece. Pode levar até quatro horas para a chama apagar, mas pode manter o calor bem por cerca de 20 horas. Um fogão a lenha aceso por cerca de 9 horas fornece calor suficiente para uma noite inteira.

Interessado em comprar um fogão a lenha? Aqui você os encontrará mais baratos.

A lenha que se utiliza tem que ter um pequeno grau de umidade para que permaneça acesa por mais tempo. Quanto mais seca a madeira, mais rápido ela queima.

Existem também fogões a lenha com forno para aproveitar o calor gerado e cozinhar alguns alimentos como pães, pizzas, alguns espetos e assados.

Fogões a gás

Guia de compra de fogões a gás

O design do fogões a gás permite uma maior eficiência. O combustível usado nesta ocasião é gás butano. Eles tendem a ter um desempenho excelente. No passado, as pessoas tinham medo de comprar e usar botijões de gás natural ou butano.

No entanto, atualmente, esses tipos de fogões são muito seguros. Além disso, são capazes de gerar economia extra por mês e podemos utilizá-los em qualquer momento de emergência.

Os fogões a gás destacam-se por serem muito baratos. Se pretende usufruir dos melhores preços, não perca as nossas ofertas.

Seu funcionamento é muito simples. Possui uma moldura onde é colocada a botija de gás butano e o queimador se encarrega de manter a combustão ativa. Durante o processo, o gás butano é queimado com o oxigênio do ar e fornece calor ao ambiente.

Esses fogões podem ser movidos de um lugar para outro facilmente quando desejado (desde que estejam desligados). São ideais para aquecer divisões mais pequenas, uma vez que o fazem rapidamente.

Fogão de parafina

Guia de compra de fogões de parafina

Esses tipos de fogões não são tão conhecidos, mas são muito eficientes. É um sistema portátil que não requer nenhum tipo de instalação e / ou manutenção. Seu combustível é líquido (parafina) e sua combustão é muito silenciosa.

Entre as suas vantagens está a facilidade de transporte de uma sala para outra e a velocidade de aquecimento. Além disso, o calor produzido pelo fogões de parafina não é tão concentrado como o de um aquecedor elétrico, em vez disso, espalha-se muito melhor pela sala. Isso torna a sensação de conforto que ela oferece muito maior.

Muitos usuários optam por fogões de parafina ou querosene devido ao seu alto valor calorífico e segurança. Se deseja adquirir um fogão a parafina, aproveite as nossas ofertas.

Comparado com o consumo de outros fogões, o fogão a parafina tem um consumo baixíssimo.

Fogões elétricos

Fogões elétricos

As Fogões elétricos São dispositivos que usam eletricidade para aquecer uma resistência e aumentar a temperatura ambiente. Oferecem o calor mais limpo e puro, pois não gera nenhum tipo de emissão. Uma das desvantagens é o aumento da conta de luz.

O uso de fogões elétricos é quase generalizado e são muito confortáveis ​​para transportá-los de um cômodo para o outro, mesmo se você for de viagem. Porém, não são bons em termos de economia, pois aumentam muito a conta de luz se forem usados ​​com frequência.

Fogões elétricos são sempre uma boa compra para aquecer salas a tempo. São baratos e leves, por isso são perfeitos para uso ocasional.

São ideais se pretende concentrar o calor numa ou duas divisões e não precisa que o calor se espalhe por todas as divisões da casa.

Variáveis ​​a levar em consideração ao escolher um fogão

Para escolher um tipo de fogão ou outro, é importante levar em consideração vários fatores:

Poder calor

O primeiro é a capacidade do fogão de produzir calor com um custo mínimo. Em geral, quanto mais potência um fogão tem, mais combustível necessita ou mais eletricidade consome (no caso dos fogões elétricos).

Para saber o poder calorífico adequado do nosso recuperador, temos que conhecer a superfície total da casa. A potência é medida em kW. Cada kW de potência é capaz de aquecer 8 metros quadrados De superfície. Portanto, se sua casa tem 80 metros quadrados, uma potência de 10 kW será suficiente.

Tamanho da sala

Para saber qual o recuperador mais adequado para a sua situação, é de vital importância saber em que divisão vai ser mais utilizado ou onde vai ser instalado. Se a sala principal tiver 30 metros quadrados, devemos usar uma potência um pouco maior do que se tivesse 20 metros quadrados. Para otimizar o uso da estufa, é aconselhável utilizar os dados de referência em kW mencionados acima.

localização

A localização do fogão é um fator determinante do desempenho. Se a sala onde vamos instalar ou colocar for a mais quente, teremos que usar menos tempo. Pelo contrário, se for o mais frio, devemos condicionar o ambiente para reduzir o consumo do fogão.

Para aumentar ainda mais o rendimento do recuperador, procure escolher um local numa parte da divisão que tenha um isolamento particularmente bom, para que o calor do recuperador não se perca pelas paredes ou janelas. É importante deixar cerca de 40 cm de espaço entre a parede e o recuperador ou qualquer objeto inflamável para evitar possíveis incêndios.

ventilação

É absolutamente necessário que a divisão onde colocamos o recuperador tenha sistema de ventilação e expulsão de fumos para evitar o excesso de calor ou qualquer risco de incêndio.

Janelas e isolamento

Se a casa tiver um bom isolamento e janelas com vidros duplos, o recuperador terá um melhor desempenho. Não se esqueça de sair uma lacuna de cerca de 30-40 cm entre o fogão e qualquer objeto que possa queimar.

Como escolher o fogão

Uma vez que todas as variáveis ​​a ter em consideração sejam conhecidas, podemos escolher qual o melhor fogão para nós.

Os fogões a lenha são os que fornecem o calor de maior rendimento e uma combustão limpa. Eles podem funcionar com combustíveis renováveis, como lenha de poda. Além disso, possuem o fator decorativo que a chama nos oferece. É capaz de nos dar aquela atmosfera caseira que procuramos. São inúmeros os modelos para se adaptar à decoração que mais gostamos. Entre suas vantagens encontramos que dificilmente requer qualquer trabalho. Eles só precisam de uma conexão com o exterior para a saída dos fumos.

Por outro lado, os fogões construídos com aço e materiais refratários estão preparados para aquecer espaços maiores do que a lenha.

Se você deseja um calor mais rápido, mas menos duradouro, escolha um fogão feito de material de aço. Se você quiser um calor mais poderoso e duradouro, mas mais lento no início, Opte por fogões a lenha, biomassa ou pellet.

Melhores marcas de fogões

Fogões baratos

Para cada tipo de lenha existem marcas que oferecem melhor desempenho e fogões mais eficientes.

  • Para fogões a lenha, encontramos marcas líderes como Rocal, Carbel, Hergom e Bronpi.
  • Os fogões a pellets têm marcas bem conhecidas, como Lacunza, Ecoforest, Bronpi e Edilkamin.
  • Quanto aos fogões a gás, encontramos marcas poderosas, como DeLonghi e Orbegozo.
  • Para fogões a parafina, temos marcas com boa relação qualidade / preço, como Qlima, Webber e Kayami.
  • Os fogões elétricos possuem uma variedade maior de marcas, uma vez que são mais comercializados. Encontramos as melhores marcas como Orbegozo, Clatronic, Rowenta, Klarstein, Thermic Dinamics, DeLonghi and Taurus.

Com esta informação pode escolher o recuperador mais adequado para a sua situação e poupar o máximo possível de aquecimento enquanto desfruta de todas as vantagens.